segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

REVISITANDO O " BOTELO e ou BUTELO"

E porque é Fevereiro, e porque geralmente é em Fevereiro que vou a casa dos meus tios paternos a Parada- Bragança comer o Botelo com cascas, deixo aqui uma pequena amostra daquilo a que se chama BOTELO ou BUTELO com CASCAS....espero que gostem pois é com este Botelo que participo (pela 1ª vez) no desafio intitulado Sabores do Fumeiro de Trás-os-Montes, promovido pela Laranjinha em parceria com Origem Transmontana.


O recheio destes enchidos é á base de costelinhas e dos designados ossinhos da "suã" que depois de desmanchado o porco são postos num alguidar de barro em "adobe" durante algum tempo. (não sei exactamente o adobe que a minha tia faz, mas tb posso perguntar direitinho no caso de alguma de vós querer saber). Findo o tempo previsto em "adobe" e depois de as tripas serem bem lavadas, são cheias com o respectivo "adobe". Apertam-se com um fio próprio para  enchidos e são curados numa vara pendurada na cozinha atraves do fumo que sai da fogueira acesa diáriamente até estes ficarem "curados" ou seja secos. Estes que comi são ainda da última matança do porco. Estavam congelados...........


Estes "enchidos"que são acompanhados por "CASCAS" (feijão cortado em verde aos bocados e posto a secar) são cozinhados assim:
Numa panela de ferro (3 pernas ou designdos por aqui como POTES de FERRO) meter água, as cascas (que ficaram a demolhar em água de um dia para o outro) e o respectivo BU ou Botelo. Tapar e levar a cozer directamente na lareira. Passado alguns minutos da cozedura, fazer com um garfo alguns furinhos no BU ou BOTELO (para ele não rebentar) e libertar o tempero da carne de que é composto para as "cascas".
Acrescentar batata descascada e cortada ao meio e deixar acabar de cozer............


Aqui podem ver a minha tia a cortá-lo aos pedaços já depois de cozido.................


Uma das travessas já prontinhas a ir á mesa...................


Na mesa já com as respectivas "CASCAS" e batatolas............ que depois cada um pode, caso queira, regar com um fio de azeite da casa ...


Não será necessário dizer que deve ser "regado" com vinho tinto maduro tb " da casa" e "chuchar" de bem os ossinhos da "suã"... é um regalo para as boquinhas que gostam de saborear bons cozinhados........e eu que, perante tal cenário não me contive, "lambuzei-me" até dizer:.......
NÃO POSSO MAISSSSSSSSSSS

3 comentários:

  1. Que rico petisco, adorei conhecer.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Exige muito trabalho, mas realmente é uma loucura esses enchidos!
    Eu sou loucas por estes cozinhados e os enchidos na chaminé!

    falas em as tripas lavadas, recuei no tempo amiga, pois era uma tarefa que me calhava sempre tanto em casa do meu pai, como na minha após de casada, que saudade dessas tarefas e de comer dos enchidos feitos pela minha sogra.
    boa semana querida

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar