terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

CHOURIÇAS DE SANGUE COM MEL E AMÊNDOAS

De todo o fumeiro que se faz da matança do porco, eu gosto de tudo....mas, as chouriças doces, são dos meus preferidos.
Estas chouriças são feitas com o sangue do porco que no dia da matança é aproveitado num tacho, onde é muito bem batido e mexido para não coalhar...é-lhe adicionado açucar, mel e amêndoas aos pedacinhos. Esta massa é depois metida nas respectivas tripas e atadas. Secam nas varas ao fumo, exactamente como o resto do fumeiro. Eu, gosto preferencialmente delas bem secas, como mostram as fotos seguintes.
Estas que se seguem, serviram como sobremesa para mim e meu mano...se quiserem podem tirar um bocadinho para experimentar ok?


Estas estão mesmo sequinhas como eu gosto


Num tacho levar ao lume água a ferver.... meter dentro a chouriça e deivar ferver cerca de 5 a 10 m em lume médio para não rebentarem...


Retirar do lume e servir num pratinho


Cortar os "quotos" (hehehe) e com um garfo "ripar a massa da tripa como mostra a foto....

Depois e por fim com uma colher ou garfo segurar na massa e saborear.... (ATENÇÃO aos dentinhos, pois esta massa apesar de mole, cola um bocado á dentadura e fica pretinha, convém por isso lavar logo de seguida a cremalheira)
Eu ADORO.....

28 comentários:

  1. Vou-me embora antes que o meu colestrol suba... ai... mas vou contrariada!!

    ResponderEliminar
  2. Olá
    Adorei este post, enfim, olha deixaste-me bem disposta.
    Sobre estes enchidos desconhecia completamente, mas poucas vezes que os meus pais fizeram matança, a minha mão só fazia de carne e farinheira negra.
    Lá em casa é mais de bovinos, hihihi
    Devem ser bem deliciosas.

    ResponderEliminar
  3. Tuquinha,
    Ai o que eu não dava para comer um pouquinho desse chouriço de sangue amiga... A ultima vez que comi foi de ferias em Portugal, caseiros são tão bons. Ainda me lembro das matanças de porco que os meus avós faziam quando eu era pequenina.
    Nessa altura morria de medo e ficava com uma pena do porquinho hehehe.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Confesso que não conhecia de todo! Cá em casa, faz-se as choiriças, as morcelas... enfim, mas este tipo de enchido não conheço, e como adorooooooo enchidos... humm deve ser mesmo bom! Pena não sentir nem o cheirinho lololol

    ResponderEliminar
  5. Bem essa chouriça devia estar uma maravilha...

    jinhos

    ResponderEliminar
  6. Querida Tuquinha o que eu me tenho lembrado dos chouriços doces e que poucos conhecem e confundem com morcelas, ah se soubesse o que é bom... estou aqui a morrer de inveja e a sentir o sabor e os pedaços de amendoa... Quando por aí andava a minha avó fazia e eu regalava-me mas ela foi embora e eu também e já deve haver uns 15anos que não os como :(

    ResponderEliminar
  7. Querida Tuquinha, não conhecia estas chouriças. O fumeiro transmontano é um manancial, sem dúvida :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. OLÁ TUQUINHA!
    É A PRIMEIRA VEZ QUE VEJO CHOURIÇAS DOCES.
    MAS GOSTEI DO ASPECTO.
    BJS

    ResponderEliminar
  9. Eu sei bem quem ia gostar desta tua receita, ehehehe, mas como está de dieta....
    O meu marido adooooraaaaaa enchidos
    bjs

    ResponderEliminar
  10. Olá!
    Gostei muito das suas chouriças tão boas assim nunca comi mas deve ser muito bom!!!
    um beijo.(Maria)

    ResponderEliminar
  11. Eu tambem adoro. E tambem te adoro tia Bela AR

    ResponderEliminar
  12. Tuquinha Querida
    Nunca em tal chouriça ouvi falar. Chouriças de sangue. Estou a fazer uma lista para quando voltar a Traz-Dos-Montes procurar, o meu Ro. vai ao cabrito e eu ás chouriças é o que lhe vou propôr, depois para ajudar a digestão vamos procurar a Tuquinha. Enchidos é cá com a menina que adora petiscos, e esse vai ficar na memória.
    Um beijinho muito muito grande

    ResponderEliminar
  13. Hoy vengo a pedir algo, lo necesito.
    Ir a mi blog y leerlo, darme todas las soluciones que estén en vuestras manos.
    Miles de gracias por esta ayuda.
    MI NOMBRE: ELENA ZULUETA DE MADARIAGA

    MI BLOG: CUATROESPECIAS.BLOGSPOT.COM

    ResponderEliminar
  14. Olá ,Tuquinha! Não conhecia este tipo de chouriça doce, apenas as morcelas doces de Arouca. Devem ser boas.O prato também é muito giro:)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Querida Tuquinha,

    tu és uma apreciadora de boas iguarias, é o que tu és! Uma autêntica gourmet! Eu cá tiro o meu bocadinho...Mas nem penses que vou lavar os dentes, pois assim coladinho a eles é que fica bem: dura mais! ;D
    Beijinho grande e uma excelente semana!

    ResponderEliminar
  16. Estas chouriças com pão caseiro acabado de sair do forno devem ser um manjar de deuses! E acompanhadas com uma taça de vinho tinto!

    ResponderEliminar
  17. Tuquinha,

    estamos sempre a aprender, nunca tinha ouvido falar de chouriças doces, agora fiquei bem curiosa e ainda hei-de arranjar maneira de provar esta delicia.

    Bjinhos
    Maria José

    ResponderEliminar
  18. Tuquinha!!!
    Muito obrigada pela tua visita e comentário!!!!
    fico muito agradecida de me dizeres que sempre que queira posso voltar é dar força e muita coragem o meu muito obrigada do fundo do coração.
    Um beijo:)))

    ResponderEliminar
  19. Perfeitas, é mesmo assim que eu gosto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Nem de propósito: a minha cunhada vai, no próximo sábado "matar" o porco!!! Não é ela quem mata...alguém irá matar o bicho...
    Mas já estou com água na boca pois estou convidado.

    Ah...e não me esqueci...mas ainda não arranjei tempo para copiar as receitinhas para word. è que a minha boa cunhada escreveu-as a lápis, num papel...mas não esqueci, não!
    Abraço meu e da Maria. Ah e uma ladradela do Dimas!

    ResponderEliminar
  21. Há quem desconheça as maravilhas que os transmontanos têm. Aqui por detrás dos montes há riqueza nas nossas adegas, nas nossas arcas frigorificas, nas cozinhas onde por vezes os fumeiros estão completamente cheios de varas com chouriças, salpicões, alheiras,linguiças, azedos,etc. Come-se até dizer "não cabe mais".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia. Eu sou de uma aldeia próxima ao Sabugal, e vivendo na França .. Eu nunca vi Morcela o Chouriças de sangue com mel e amandoas en nossa terra ! .isto me faz muito muito quero fazer.
      Será possível para você aprender a ter uma receita exata para o fazer recita caserai, cuando fazo os enchidos portugueses..Ja faz para você o mesmo pedido para a receita de sua tia Bucho o Butel.
      Eu tento manter os países não traditionsde e assistência de que seria muito, muito agradável.
      Bonjour. je suis originaire d'un village du coté de Sabugal, et vivant en France..Je n'ai jamais vu une Morcela o Chouriças de sangue com mel e amandoas comme celle la chez nous.Cela me donne tres tres envie d'en faire à la maison quand je fais des saucisses portuguaises.
      Serai-t-il possible de te renseigner afin d'avoir une recette precise pour faire à la maison.Je te fais la meme demande pour la recette de ta tante du Bucho ou Butel.
      J'essaye de conserver les traditionsde non pays et une aide de ta part serait tres tres sympatique.

      Eliminar
  22. como posso comprar estas xouriças??? e o preço?? sabem??

    ResponderEliminar
  23. Maria elisa de sousa30 de maio de 2012 às 14:38

    Olá foi a segunda vez que passei aqui pelo teu cantinho e adorei. Também do fumeiro são as chouriças de sangue, que eu mais gosto, mas nunca mais as comi tão boas como as feitas pela minha tia Barrosa ( como carinhosamente a chamavamos), pois já faleceu. As delas eram maravilhosas e eu adorava comê-las com os grelos em Fevereiro bem ácidos, que maravilha de contrastes de sabores. Continuarei a vir dar uma espreitadela e convido-te a visitar também o meu cantinho. Bjs
    Manta de retalhos



    ha de contraste dos sabores. Continuarei a vir espreitar e vou adicionar aos meus favoritos. Já agora convido a vir visistar o meu cantinho também. Bjs de uma transmontana de gema

    ResponderEliminar
  24. Ai que saudades dessas chouriças, não fosse eu de bem pertinho da Parada.

    ResponderEliminar